NOTÍCIAS

Prefeitura fecha 2017 com 2.545 animais castrados em Itapevi

05/02/2018

Itapevi aumentou castrações na cidade

Cidade também doa gratuitamente cães e gatos vacinados e castrados   

Em 2017, a Prefeitura castrou 2.545 cães e gatos em Itapevi. O número representa uma ligeira alta em relação a 2016, quando 2.515 animais foram castrados. Além disso, no ano passado o DCZ doou 50 animais (42 cães e oito gatos), contra 61 (42 cães e 19 gatos) em 2016. Os dados são da Divisão de Controle de Zoonoses do município (DCZ).

"O processo de adoção responsável contribui para a redução do número de animais abandonados nas ruas, prevenindo as agressões, os acidentes de trânsito, os maus tratos e as brigas entre eles”, explica Cátia Pasanisi, médica veterinária responsável pela DCZ. "Precisamos, enquanto poder público, estimular constantemente a adoção responsável para que as pessoas vejam a importância de acolher um bichinho e nos auxiliem no que diz respeito à saúde pública em questões de bem-estar animal".

Os serviços de adoção e castração são oferecidos gratuitamente pela Prefeitura.

Para quem deseja adotar um bichinho, os interessados deverão passar por uma entrevista com o funcionário da DCZ. Os adotantes recebem informações sobre guarda responsável e orientações sobre os cuidados com animais. No ato da adoção, cães e gatos serão registrados em nome do adotante maior de 18 anos.

É necessário levar coleira e guia para adotar cães e caixa de transporte para gatos, além de apresentar cópias do RG, CPF e comprovante de residência. As adoções acontecem no Canil (Rua Jaspe, 7 – Vila Gióia), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, exceto feriados. Os animais disponíveis para adoção já são vacinados, castrados, vermifugados e avaliados clinicamente.

Já o serviço de castração, gratuito, é destinado apenas à população de cães e gatos residentes em Itapevi. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Para fazer o procedimento, é necessário o comparecer pessoalmente no Posto de Cadastramento (Avenida Profº Dimarães Antônio Sandei, 375 – Cidade Saúde), munido de CPF, RG, comprovante de residência atualizado no nome do dono do cão ou do gato, além de apresentar comprovante de vacinação contra raiva do animal, quando houver.

Absenteísmo

Um grande problema enfrentado pela DCZ é o absenteísmo (não comparecimento) de proprietários de animais com castração agendada. Segundo Cátia, a cada 250 agendamentos, cerca de 100 pessoas costumam não comparecer no dia, horário e local agendados - um índice de quase 40%. 

Só em novembro do ano passado, 40 pessoas não compareceram na data agendada, 24 decidiram por cancelar o procedimento quando foram lembradas e outras 26 não atenderam às ligações telefônicas.

“É importante que após o preenchimento do termo de castração, o animal avaliado e todo o agendamento feito, a população cumpra o compromisso de levar seu animal para ser castrado porque a equipe médica fica à espera e o município se prepara para atender a demanda, bem como os animais precisam do devido cuidado médico”, afirma Cátia.

Por que castrar seu animal?

Os dois principais motivos para a castração de cães e gatos machos são evitar fugas e diminuir a possibilidade de brigas com outros animais.

Para as fêmeas, o procedimento contribui para a diminuição do risco de câncer de mama. De acordo com pesquisas, 99% das cadelas castradas antes do primeiro cio não desenvolvem a doença. A castração para gatas reduz as chances de câncer de mama em percentuais de 40% a 60%. As fêmeas, tanto de cães quanto de gatos, não ficam mais vulneráveis às infecções uterinas graves. Elas não entram mais no cio e poupam os donos de lidar com o sangramento e com possíveis “visitantes” aparecendo nas portas de casa.

No caso dos machos, a castração diminui a frustração sexual, assim como a necessidade de sair em busca de novas parceiras. Simultaneamente, e medida reduz o risco de fugas, atropelamentos e brigas com outros machos. Reduz-se em grande escala os problemas de próstata e evita-se o câncer de testículo. Tanto cães como gatos machos passam a sentir menos necessidade de demarcar o seu território com urina.

O animal de estimação também pode ficar mais dócil, o que facilita a interação especialmente com os "pets" que apresentavam comportamento agressivo antes da castração. “Castrar cães e gatos é um ato de responsabilidade, pois além de prevenir possíveis doenças, contribui para reduzir a quantidade de ninhadas indesejadas e de filhotes que geralmente acabam abandonados ou em situação de maus-tratos”, diz Cátia.

 


Prefeitura Municipal de Itapevi
Todos os direitos reservados - 2014®
Fone: [11] 4143 7500

Av. Pres. Vargas, 405 - Vila Nova Itapevi/SP - CEP: 06694-000
Atendimento de Segunda a Sexta-feira, das 08 às 17h